Seguro de transporte cargas

Como contratar seguro de carga?

Como contratar seguro de carga?

Você está precisando contratar seguro de carga? Vamos falar um pouco sobre os problemas que o mercado de seguros de transporte vem passando nos últimos anos.

O transporte rodoviário brasileiro sempre sofreu graves críticas, não só por suas condições precárias em muitos casos mas também pela cara manutenção dos frequentes estragos causados pelo excesso de peso. Um problema constante, porém sem solução definitiva prevista. Além disso, o transporte brasileiro de cargas rodoviárias ainda é exposto a riscos de assaltos e roubos de cargas. A infraestrutura insuficiente de portos e aeroportos, aliada às condições mencionadas sujeitam as empresas a ter altos custos extras com gerenciamento de risco.

Gastos com seguro são recorrentes e essenciais em transportadoras. É um tema de alto interesse no setor, frequentemente debatido. As ocorrências de roubo de cargas chegam a níveis alarmantes, de acordo com as seguradoras. A Disconal Corretora de Seguros afirma que o roubo tem sido o principal motivo pela busca por contratar seguro de carga, abrangendo 85% dos segurados. A maior procura pelo seguro atualmente se concentra nas apólices referentes à Responsabilidade Civil Facultativa do Transportador por Desaparecimento de Carga , seguido pelas apólices referentes à Responsabilidade Civil do Transportador Rodoviário de Carga.

contratar seguro de carga

contratar seguro de carga

O maior número dos registros das ocorrências de roubo de carga têm se concentrado nas capitais e regiões metropolitanas. O estado de São Paulo possui o maior número de ocorrências, seguido por Rio de Janeiro, Pará, Maranhão e Minas Gerais. O tipo de carga que as quadrilhas mais roubam varia de região para região. No entanto, de um modo geral, a preferência é por bens de tecnologia de ponta ou mais caros. Medicamentos, produtos eletroeletrônicos, celulares e tablets, estoques de supermercado, cigarros e carnes também constam na lista dos bens mais roubados. Produtos que podem ser facilmente vendáveis são bastante almejados entre as quadrilhas.

A boa notícia é que houve um decréscimo no número de ocorrência de roubos e acidentes nas rodovias brasileiras. Acredita-se que as medidas tomadas tem sido eficientes para a redução da prática criminosa. A Secretaria de Segurança Pública do Estado constatou em 2010 uma redução de quase 6,5%, quando comparado ao ano anterior. A média mensal chegou a 2,06%.

Apesar da melhora, o número de ocorrências ainda deve ser drasticamente diminuído, representando medo e apreensão para quem trabalha no setor.

A demanda por apólice de seguros devido ao roubo de carga gerou um aumento no valor das mesmas, que está entre 5 e 15%, quando comparado ao mesmo período do ano anterior.

A procura por contratar seguro de cargas rodoviária tem aumentado de um ano para o outro, isso se explica devido a entrada de novas empresas no setor e ao “transporte de carga projeto”, que é uma nova modalidade encontrada pelos profissionais da área.

De acordo com Celso, falar sobre seguro é também falar sobre riscos. Muitos imprevistos da área deixaram as seguradoras de carga desconfiadas o suficiente para conter o desenvolvimento de novas apólices, que agora contém mais regras e restrições, além do valor mais alto, resultado não só dos riscos como da grande demanda. Não são todos os transportadores que são aceitos pelas seguradoras, agora devem se encaixar em um determinado perfil que não transcenda o risco esperado. Casos específicos à parte, as seguradoras aceitam quase qualquer mercadoria, e quando isso não ocorre, o corretor de seguros busca fazer a adaptação para encaixar o transportador nas exigências da seguradora.

Gerenciadora de risco para empresas que contratar seguro de carga

A gestão do risco tem se mostrado a única maneira que deu resultados satisfatórios no que se refere à diminuição das ocorrências de roubo de carga. Os Planos de Gerenciamento de Risco, ou PGRs, por outro lado, podem representar empecilhos na hora de fechar contratos com as seguradoras. O que se sugere é fazer Planos de Gerenciamento de Riscos mais flexíveis, que possam se adaptar a algumas exigências como mudança de horários, cronogramas estilos e mercadorias, visando confundir as quadrilhas de assaltantes, de modo a minimizar o risco tanto para a transportadora quanto para a seguradora. Ferramentas de proteção e monitoramento como rastreadores, monitoramento de carga, escoltas e iscas são, também, altamente recomendáveis. As empresas de transporte também podem aproveitar treinamentos oferecidos pelas seguradoras de forma gratuita. Esses treinamentos minimizam riscos de modo geral, além da prevenção do roubo de cargas como efeitos do sono, dicas de direção defensiva e direção preventiva, comportamento durante um assalto, entre outros temas relevantes. Esses treinamentos costumam ser oferecidos gratuitamente.

Para contratar o seguro de transporte de carga, clique na imagem abaixo e fale com um consultor especialista em seguro de carga.

Seguro de Carga - Fale com um consultor e tire suas dúvidas.
Click to add a comment

You must be logged in to post a comment Login

Leave a Reply

Seguro de transporte cargas

Paulista, conectado 24h na internet, curioso pelos números, extremamente ligado ao mundo da Tecnologia e Logística. Contato: mauricio@roadapps.net

Logística na Nuvem é um portal de conteúdo educativo para o mercado de logística e transporte. Tire dúvidas, busque informações, peça uma cotação com empresas parceiras e muito mais!

  • - Gerenciadora de Risco
  • - Software de Logística
  • - Isca Eletrônica para Carga
  • Seguro de carga

Copyright © 2015 Logística na Nuvem