Gerenciamento de risco

Gerenciamento de risco em logística: Como previnir o roubo de cargas

Gerenciamento de risco em logística: Como previnir o roubo de cargas

O gerenciamento de risco em logística é muito importante para as empresas que trabalham com transporte de cargas, no entanto, é sabido que alguns operadores se negam a trabalhar com produtos que são mais atraentes para ladrões, de acordo com estatísticas.

Obviamente que alguns produtos, para os ladrões, são mais propícios ao roubo, mas as empresas não podem se deixar intimidar, pois atualmente existem no mercado diversos tipos de seguro de carga, o que permite o atendimento a diversos tipos de empresas. Além disso, a divulgação de que a carga da empresa é coberta por um seguro irá passar mais credibilidade e seriedade, por parte da empresa, aos clientes.

De acordo com estatísticas, o crescimento de roubos é algo que vem se concretizando nos últimos anos e esta é uma realidade que já não abrange a áreas específicas do país, pois os índices de infrações estão aumentando em todo o território nacional.

 

Fases do Gerenciamento de Ocorrências em Logística

Além da contratação de seguros contra o roubo e furto de cargas, há outras estratégias para lidar com a difícil realidade do roubo de cargas. Veremos a seguir três fases do gerenciamento de ocorrências em logística, que podem orientar os profissionais da área.

 

1 – Controle do Processo

A fase de controle do processo inicia ainda na venda do produto. O vendedor ou equipe de vendas deve fazer uma projeção do local de entrega solicitado pelo cliente e analisar as rotas e alternativas para chegar até ele. Cabe a mesma equipe orientar o supervisor dos motoristas, para que esses cumpram o cronograma pré-estabelecido, a fim de evitar roubo e riscos de roubo de carga. Se a entrega for feita em um local desconhecido, é sugerida uma consulta à polícia local, que pode informar dados de ocorrências registradas na região.

Na fase de controle do processo também são escolhidos os veículos mais adequados para o produto a ser transportado, bem como a tecnologia a ser utilizada e a modalidade de seguro que será contratada.

 

2 – Excelência Operacional

É a fase do gerenciamento de risco em logística que ocorre durante o processo de transporte e entrega da carga no local do cliente. O motorista, portanto, deve informar seu supervisor sobre o andamento da operação, mudanças de rota, fatores de risco, entre outros fatores. Na empresa, o supervisor faz todo o acompanhamento dos processos e orienta o motorista quanto a ações preventivas que podem ser tomadas.

 

3 – Administração de Desvios

No caso de durante o processo ocorrer algum roubo ou furto de carga, deve-se imediatamente comunicar a polícia e fazer um registro de ocorrência. Após isso, toda a equipe deve analisar qual medida preventiva falhou, objetivando a correção da falha em oportunidades futuras.

Os bandidos estão cada vez mais espertos e desenvolvendo novas técnicas para roubar e furtar, cabe aos profissionais ter um bom gerenciamento de risco em logística e estar um passo a frente deles, evitando problemas e complicações decorrentes de roubos e furtos.

Para saber mais sobre gerenciamento de risco em logística clique na imagem abaixo e fale com um consultor especialista em prevenção de roubo de cargas.

Cotação Gerenciamento de Risco
View Comments (1)

1 Comment

  1. Pingback: Como funciona o seguro de cargas?

You must be logged in to post a comment Login

Leave a Reply

Gerenciamento de risco

Logística na Nuvem é um portal de conteúdo educativo para o mercado de logística e transporte. Tire dúvidas, busque informações, peça uma cotação com empresas parceiras e muito mais!

  • - Gerenciadora de Risco
  • - Software de Logística
  • - Isca Eletrônica para Carga
  • Seguro de carga

Copyright © 2015 Logística na Nuvem