Softwares

Como melhorar o processamento de pedidos da sua transportadora?

Como melhorar o processamento de pedidos da sua transportadora?

Você sabe como pode melhorar o processamento de pedidos na sua transportadora?

O processamento de pedidos é algo muito importante para quem trabalha com logística, pois o tempo levado para finalizar uma tarefa é um fator muito relevante para a definição do preço de um determinado produto. Alguns estudiosos afirmam que o tempo define 50%,  e em alguns casos até 70%, do valor final de um produto.

Como diz o famoso ditado popular “tempo é dinheiro”, ou seja, quando mais otimizado for o tempo de processamento de pedidos, mais pedidos a empresa conseguirá entregar e maior será seu lucro. A seguir, explicaremos brevemente as quatro etapas do processamento de pedidos no processo de logística.

 

As 4 etapas para melhorar o processamento de pedidos da sua transportadora

 

1 – Preparação de pedidos

A primeira etapa do processamento de pedidos se dá na preparação, que engloba atividades como o levantamento das informações necessárias sobre o produto, bem como os tipos de serviços prestados pela organização.

No mercado existem diversos softwares e aplicativos, como leitores de códigos de barra, que facilitam muito o bom desempenho dessa atividade.

 

2 – Transmissão de informações

Essa etapa é bastante simples. Nela, os responsáveis pelo desenvolvimento da etapa anterior, devem apenas transmitir os dados levantados no processo de preparação de pedidos para os responsáveis da seguinte etapa. Para realização de tal tarefa, também existem aplicativos e até mesmo a própria intranet da empresa, que pode servir para essa transmissão.

 

3 – Separação de pedidos

Nessa etapa, também conhecida como picking, os operadores do centro de destruição necessitam separar os pedidos, de acordo com as informações recebidas na etapa anterior. Algumas empresas também incluem nessa etapa a geração de relatórios, de modo que todos possam acompanhar o status de um determinado pedido, sabendo se ele já foi separado, entregue ou até mesmo cancelado.

É também nessa etapa que é feito o faturamento e extração das notas fiscais que irão acompanhar o pedido até o destino final.

 

4 – Embalagem

Após os produtos terem sido separados por pedidos, eles são levados até o setor de embalagem. Nesse setor, é feita uma rápida revisão dos pedidos, de modo a corrigir possíveis erros da etapa anterior. Tudo é embalado em caixas ou na embalagem que foi designada para a função. O operador dessa etapa deve lembrar também de sempre colocar todas as notas fiscais e manuais de instruções que devem acompanhar os produtos nas embalagens.

Ballou, um dos mais renomados autores do ramo da logística, defende essa metodologia de processamento de pedidos. De acordo com o autor, as indústrias que trabalham dessa forma conseguem diminuir de forma significativa o tempo levado em algumas atividades. Ainda citando o teórico, algumas empresas diminuem até 30% de seus gastos em folha de pagamento apenas otimizando o tempo de seus funcionários, o que faz com que o valor possa ser destinado a outros investimentos para a empresa.

O que você achou dessa metodologia de processamento de pedidos? Você faz algo parecido na sua empresa? Clique na imagem abaixo para saber mais sobre os sistemas que podem ajudar a sua empresa.

Cotação Software de logística
Click to add a comment

You must be logged in to post a comment Login

Leave a Reply

Softwares

Logística na Nuvem é um portal de conteúdo educativo para o mercado de logística e transporte. Tire dúvidas, busque informações, peça uma cotação com empresas parceiras e muito mais!

  • - Gerenciadora de Risco
  • - Software de Logística
  • - Isca Eletrônica para Carga
  • Seguro de carga

Copyright © 2015 Logística na Nuvem